Notícias Solução da Aker auxilia empresas a cumprir novas exigências do Marco Civil da Internet

Publicado em 29 de abril de 2014

No último dia 24, foi sancionado o projeto de lei 21626/11, popularmente conhecido como Marco Civil da Internet. O documento, que passará a vigorar no final de junho, estabelece princípios, garantias, direitos e deveres de usuários e provedores de web no Brasil. Considerado uma espécie de Constituição da Internet, o Marco Civil tramitou cerca de três anos na Câmara e sua aprovação significa um avanço significativo na relação da sociedade com o ambiente cibernético.

Um dos pontos que ganhou destaque no projeto foi a preocupação com a garantia de privacidade dos usuários na rede. O Marco Civil passa a exigir dos provedores de Internet o armazenamento de “registros de conexão, sob sigilo, em ambiente controlado e de segurança, pelo prazo de 1 (um) ano”, sendo vetada a transferência da manutenção desses registros a terceiros. Da mesma forma, provedores de aplicações de Internet deverão guardar os registros de acesso dos usuários pelo período de 06 meses.

Diante desse cenário, a Aker lança o Patch 01 do Aker Report Center, que permite às empresas a atender as novas exigências trazidas pelo Marco Civil. Correlacionador de eventos, o produto provê o armazenamento seguro tanto dos registros de conexão quanto dos de acesso pelo tempo estabelecido pela empresa. Além disso, esses dados se convertem em relatórios detalhados, o que facilita a consulta das informações, já que estas, embora sigilosas, podem ser exigidas mediante Ordem Judicial.

Desde o ano passado, a Aker vem investindo em melhorias no Aker Report Center para que a solução pudesse auxiliar provedores de conexão e de aplicação de Internet a cumprir com as normas estabelecidas pelo Marco Civil tão logo o projeto fosse aprovado.  Além da preocupação de estar em sintonia com o mercado, a empresa também apoia o Marco Civil, principalmente, pelos direitos que ele assegura aos usuários, o lado mais vulnerável das novas relações de comunicação.

Mais novidades no Aker Report Center

São várias as melhorias trazidas pelo Patch 01 do Aker Report Center, além das mencionadas acima. Dentre elas, a possibilidade de aquisição do produto, antes disponível apenas em software, em appliance, o que facilita o processo de implementação no ambiente computacional.

Outra mudança refere-se ao suporte de hierarquização. Isso significa que grandes projeto poderão ser estruturados em forma de “árvore”, assim um Aker Report Center torna-se cliente do outro, possibilitando a divisão de ativos e, consequentemente, de logs. A grande vantagem disso traduz-se na elevação da capacidade de processamento de logs.

O Patch 01 traz ainda um repositório de relatórios, ou seja, agora é possível transferir via FTP e armazenar no Aker Report Center relatórios advindos de outras soluções. Além disso, o administrador pode definir que relatórios cada grupo de usuários poderá acessar.

A integração com o Aker Monitoring é mais uma das novidades. Os dados obtidos pela solução passam a ser controlados no dashboard do Aker Report Center, com o objetivo melhorar a governança em TI nas empresas.

Por fim, o Aker Report Center integra-se ainda com o Ruckus Wireless, parceiro da Aker, correlacionando eventos entre este e as demais soluções da Aker. A ideia aqui é ter um controle maior da rede, com a obtenção de dados de conexão dos acessos realizados via wireless.

É fácil notar que a Aker está ampliando seus projetos de melhoria de soluções e cada patch lançado tem trazido mais funcionalidades. O aperfeiçoamento contínuo é compromisso da empresa com os seus clientes e o que a faz estar sempre à frente dos desafios da Segurança Digital.

Clique aqui e faça o download do Patch 01 do Aker Report Center.

OGASEC